DIRETORIA AJEB-CE - 2016-2018

DIRETORIA AJEB-CE - 2016-2018
DIRETORIA ELEITA POR UNANIMIDADE

ATUAL DIRETORIA DA AJEB-CE

DIRETORIA ELEITA POR UNANIMIDADE

CHAPA PAPA FRANCISCO

PRESIDENTE DE HONRA: Giselda de Medeiros Albuquerque

PRESIDENTE: Gizela Nunes da Costa

1ª VICE-PRESIDENTE: Maria Argentina Austregésilo de Andrade

2ª VICE-PRESIDENTE: Elinalva Alves de Oliveira

1ª SECRETÁRIA: Rejane Costa Barros

2ª SECRETÁRIA: Rosa Virgínia Carneiro de Castro

1ª TESOUREIRA: Rita Maria Lopes Guedes Santos

2ª TESOUREIRA: Maria do Socorro Cavalcanti

DIRETORA DE EVENTOS: Maria Nirvanda Medeiros

DIRETORA DE PUBLICAÇÃO: Giselda de Medeiros Albuquerque

CERIMONIALISTA: Francinete de Azevedo Ferreira

CONSELHO

Maria Helena do Amaral Macedo

Zenaide Braga Marçal

Maria Luisa Bomfim

Celina Côrte Pinheiro

Evan Gomes Bessa

terça-feira, 9 de julho de 2013

AJEBIANA REGINA BARROS LEAL APRESENTA SÁVIA FERRAZ E SEU LIVRO "RASCUNHOS DE UM TEMPO"



EM PRINCÍPIO EXPRESSO MINHA ALEGRIA EM PARTICIPAR DESSE EVENTO TÃO ESPECIAL EM QUE SÁVIA FERRAZ APRESENTA A OBRA LITERÁRIA RASCUNHOS DE UM TEMPO NUMA CIRCUNSTANCIA PARTICULAR DE REGOZIJO. 

MEUS DIZERES SÃO DIRIGIDOS Á MULHER, Á ESCRITORA, A MÃE, ENFIM, Á AMANTE DA VIDA.

 PARA ELA O BRILHO, OS APLAUSOS, OS SORRISOS, AS REVERÊNCIAS!

INICIO MINHA FALA AFIRMANDO: SAVIA É UMA CRONISTA E COMO TAL, SE INSPIRA NOS ACONTECERES DO COTIDIANO, NOS CENARIOS PARTICULARES, OS QUAIS NÃO 
ESCAPAM Á SUA CURIOSIDADE FEMININA.

SÁVIA CONTA EXPERIÊNCIAS INUSITADAS, LEMBRANÇAS AVIGORADAS PELA EMOÇAO, REVELANDO INTELIGÊNCIA, ARGUMENTAÇÃO E SENSIBILIDADE.

TRANSBORDA DE AMOR AO ESCREVER SOBRE OS AMORES DE SUA VIDA
RASCUNHOS DE UM TEMPO- PERCORRE O ITINERÁRIO DA MULHER QUE NARRA FATOS CORRIQUEIROS, CENÁRIOS IRREVERENTES, AS INCONTIDAS EMOÇÕES, O PRIMEIRO BEIJO, A SENSUALIDADE FEMININA, OS MEDOS, AS ANGÚSTIAS, AS PRINCIPAIS DESCOBERTAS E OS SOBRESSALTOS DIANTE DO INEXORÁVEL.

A CRONISTA RASCUNHA A VIDA INSERINDO TEMPOS DIFERENTES, TEMAS DÍSPARES, ARTICULANDO EXPERIÊNCIAS, ESTÓRIAS DE VIDA, TESTEMUNHOS E ESPERANÇA NO DEVIR. 

SÁVIA ATRAVESSA AS EMOÇÕES COM UM OLHAR FUNDANTE.
NA APRESENTAÇÃO DE SEU LIVRO ELA DESPONTA SUA AUTENTICIDADE AO EXPRESSAR:
             SEI QUE O QUE ESCREVO REPRESENTA MUITO DE MINHA VIVÊNCIA,
ASSIM, INTRODUZ O LEITOR ÀS SUAS VIVÊNCIAS, QUESTIONA, CRIA, RECRIA, REINVENTA A VIDA, SURPREENDE, AGUÇANDO A CURIOSIDADE DO LEITOR.
É UMA ESCRITA PERMEADA DE TRAVESSURAS, CONJECTURAS, REFLEXÕES E QUESTIONAMENTOS.

NA CRÔNICA REPENSANDO REGISTRA;
IMPOSSÍVEL AFASTAR-SE DA REALIDADE DO COTIDIANO. DEIXAR DE VER, DE ESCUTAR, DE PERCEBER ATRAVÉS DOS SORRISOS E DOS OLHARES, DAS EXPRESSÕES DE ENFADO, DAS GARGALHADAS RUIDOSAS A VIDA ACONTECENDO A NOSSA VOLTA.

CORAJOSAMENTE DESCREVE, Á SUA MANEIRA, SITUAÇÕES VIVENCIADAS DE FORMA ATRAENTE, COMPARTILHA OS MOMENTOS DE SOLIDÃO, EXPRESSA SUAS DORES, SUAS ANGUSTIAS, ALEGRIAS E DESEJOS SINGULARES.
SE A MORTE ME PEGAR DESPREVINIDA NÃO QUERO QUE FAÇAM GRANDES CENAS DE DOR

SÁVIA, EM SUAS NARRATIVAS REVELA UM OLHAR EMPÁTICO AO ACOLHER OS AMIGOS, AS PESSOAS PRESENTES EM SUA EXISTENCIA.

SUAS CRÔNICAS DESTACAM REMINISCÊNCIAS, ABRE FENDAS NO TEMPO E VISUALIZA MOMENTOS DE AMOR, DE GARGALHADAS E SAUDADES DE OCASIÕES PECULIARES.

RASCUNHANDO O TEMPO - É A OBRA DE UMA MULHER RUIDOSA, PERTINENTE E IMPERTINENTE. AO HISTORIAR SITUAÇÕES DO COTIDIANO, ELA MANIFESTA A AGONIA DA SOLIDÃO, O INUSITADO DO INDISCRITIVEL, BEM COMO ESTÓRIAS IMPREGNADAS DE SENTIMENTOS PARADOXAIS E INSTIGANTES.

AS IDAS E VINDAS DA MENINA DO INTERIOR QUE AGARRA A VIDA COM TENACIDADE E ENFRENTA A CIDADE, O NOVO, DE UMA FORMA CORAJOSA.

MÃE, PROFISSIONAL, COM VASTA EXPERIÊNCIA NA ÁREA SOCIAL, CRAVA RAIZES 
POR ONDE PASSA, ENFIM, UMA MULHER QUE TRANSCENDE O TEMPO.
A ESCRITORA PERCORRE O TRAJETO DA OUSADIA, DA CORAGEM AO DESNUDAR  SEGREDOS E EMOÇÕES PARTICULARES.

CONTA, DE FORMA SINGULAR O SEU MERGULHO LITERÁRIO, OS SEUS PRECIOSOS LIVROS, A SUA FOME PELAS LETRAS. DESCREVE QUE ATÉ BULAS DE REMÉDIO NÃO ESCAPARAM À SUA GULA.

ESCREVE E DEDICA SUA OBRA ÁS MULHERES, Á SIMONE DE BEAUVOIR EM PARTICULAR, DESTACANDO PERPLEXIDADE AO DESCOBRIR SUA PRÓPRIA FEMINILIDADE, SUA SENSUALIDADE E AO CRIAR SUAS FANTASIAS.

AS CRÔNICAS FAZEM UMA VARREDURA NO COTIDIANO QUE A ESCRITORA OBSERVOU E VIVENCIOU AO LONGO DE SUA HISTORIA E, DE FORMA PESSOAL, PARTICULARIZA SITUAÇÕES FAMILIARES, AMORES, O SENTIMENTO MATERNAL, OS ACERTOS E DESACERTOS EXISTENCIAIS, AS EXPERIÊNCIAS PARADOXAIS, EFÊMERAS, ETERNAS E DENSAS NA CIRCUNSTANCIA VIVIDA. DIANTE DA INEXORÁVEL FINITUDE HUMANA.

EU PODERIA ESCREVER MAIS SOBRE A ESCRITORA E SUA OBRA RASCUNHOS DE UM TEMPO, ENTRETANTO, VAMOS ESTENDER UM TAPETE VERMELHO E DAR PASSAGEM A ESCRITORA, A CRONISTA QUE TERÁ MUITO QUE DIZER, E, COM CERTEZA, SORVEREMOS SUAS PALAVRAS COMO UMA BELA TAÇA DE VINHO.
É A SUA NOITE!
PARABÉNS, SAVIA.

                                               
REGINA BARROS LEAL


2 comentários:

  1. Regina Barros Leal com a generosidade humana e literária conseguiu ler e traduzir com olhos do coração Rascunhos de Um Tempo!Obrigada querida mestra, escritora e amiga por voce ser essa desnudadora de almas e por suas gentis palavras sobre o meu livro.

    ResponderExcluir