ATUAL DIRETORIA AJEB-CE - 2018/2020

PRESIDENTE DE HONRA: Giselda de Medeiros Albuquerque

PRESIDENTE: Elinalva Alves de Oliveira

1ª VICE-PRESIDENTE: Gizela Nunes da Costa

2ª VICE-PRESIDENTE: Maria Argentina Austregésilo de Andrade

1ª SECRETÁRIA: Rejane Costa Barros

2ª SECRETÁRIA: Nirvanda Medeiros

1ª DIRETORA DE FINANÇAS: Gilda Maria Oliveira Freitas

2ª DIRETORA DE FINANÇAS: Rita Guedes

DIRETORA DE EVENTOS: Maria Stella Frota Salles

DIRETORA DE PUBLICAÇÃO: Giselda de Medeiros Albuquerque

CERIMONIALISTA: Francinete de Azevedo Ferreira

CONSELHO

Evan Gomes Bessa

Maria Helena do Amaral Macedo

Zenaide Marçal

DIRETORIA AJEB-CE - 2018-2020

DIRETORIA AJEB-CE - 2018-2020
DIRETORIA ELEITA POR UNANIMIDADE

domingo, 10 de novembro de 2019

REGINE LIMAVERDE LANÇA LIVRO NA AJEB-CE



AJEB-CE REALIZA LANÇAMENTO DO LIVRO "MUDANÇA DE ESTAÇÃO"




Em nossa reunião da AJEB - Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil, Coordenadoria do Ceará, ocorrida em 15 de outubro de 2019, no auditório da Academia Cearense de Letras, houve dois acontecimentos marcantes: um concorrido Sarau de Poesia, que contou com a participação do poeta e músico Jacinto Monte, que, com seu violão e sua sensibilidade, acompanhou a leitura dos poemas e, também, cantou e declamou João Cabral de Melo Neto e Castro Alves. Em seguida, deu-se o lançamento do livro da escritora, poetisa e acadêmica, Regine Limaverde, que presenteou a todos da plateia com sua mais recente obra Mudança de Estação.
Nossa Presidente de Honra, Giselda Medeiros, fez a apresentação do livro, e Regine Limaverde agradeceu à AJEB-CE e a todos os presentes, na pessoa de sua Coordenadora-Presidente, Elinalva Alves.
Seguem-se o texto de apresentação da obra e as lembranças iconográficas do evento.

A FERTILIDADE DA POESIA DE REGINE LIMAVERDE EM MUDANÇA DE ESTAÇÃO
Giselda Medeiros

Regine Limaverde traz a lume, neste ano de 2019, o livro Mudança de Estação, projeto gráfico da Expressão Gráfica e Editora. Vale ressaltar a beleza do livro que já pode ser apreciada desde a capa ao seu interior, onde se alinham poemas de alto valor, o que vem confirmar a grandeza do universo dessa poeta de visceral importância no contexto da literatura cearense.
Os poemas enfeixados nesse livro e divididos em “Verão”, “Inverno e “Os Sete Pecados Capitais”, põem em evidência o competente ofício de Regine na construção de poemas da mais bela feitura, de conteúdo e forma, numa amostragem das vicissitudes e dissonâncias da vida, das antíteses e paradoxos do amor,  constitutivo da universalidade do ser humano, entre o ser, hoje, e o não ser, amanhã.  
É assim que Regine Limaverde, por meio de sua linguagem vigorosa, de forte tonalidade erótica, desnuda-se em versos de grande beleza, levando-nos a vislumbrar, comovidos, o amor, a saudade, a solidão, as aflições, o apelo do sexo. 
Mudança de Estação, título dessa obra, é a metáfora de que se serve a Autora para marcar a mudança do sentimento amoroso que carrega e vai, ao mesmo tempo, como é de costume, abrindo-lhe feridas na alma, ao ritmo do que foi e já não é mais.
Atentemos para estes versos em plena fulgurância do “Verão”, quando tudo era luz, azul, dourado, vermelho, marcando a chegada de um grande amor. Nessa atmosfera de encantamento, o eu lírico, assim se expressa: “Quero-te porque és luz / fogo e esplendor. / Porque junto a ti / ardo e grito. / És meu amor”. (“O querer”, p. 32). Vale ressaltar a carga de erotismo expressa nas formas verbais “ardo” e “grito”. Nessa inquietante mudança, chega o “Inverno”, estação em que as cores desmaiam, a luz escorrega frouxamente pelos dias que seguem sua trajetória, chuviscando tédios, tristezas, perdas e desilusões. Vejamos esses versos: “A dor maior é a saudade. / A extrema infelicidade / de me ver sozinha. / Sem verso ou rima”. (“O que foi poesia”, p. 52).   
Na última parte do livro, “Os sete pecados capitais”, estão condensados poemas que aludem à gula, luxúria, avareza, ira, soberba, preguiça e inveja. No prefácio desta obra, a escritora, Aíla Sampaio, também grande poeta, assim se expressa: “Sente-se, num primeiro momento, uma quebra de fluxo, um desvio das estações que marcam o amor. Numa segunda leitura, entretanto, observa-se que todos os poemas envolvem a pessoa amada, em relação à qual o sujeito lírico peca sem culpa”.
Impossível é ler Regine Limaverde e não se deter, rendido, ante a emoção palpável de versos como estes: “De onde essa mulher veio / do céu ou do mar (?) se o sol se esconde / em seu corpo e os pés estão a nadar? (“O Amor”, p. 54); ou ante a forte carga de sensualidade destes: Perdoa-me por te achar meu cais / é que meus navios se perderam / e ainda os busco pelos mares adentro” (“Perdoa-me”, p. 51). 
Concluindo, Mudança de Estação traz uma poesia que cheira a terra e mar, a vida e morte, a amor e solidão, a luz e sombras, a dor e alegrias, esses ingredientes que nos levam a ver as cousas da vida sob o impacto da Poesia, a nos indicar que é possível refazer o nosso mundo, recriá-lo com as tintas da emoção, já que o prodígio de reconstrução está dentro de nós mesmos, pronto para fazê-lo ressurgir, pleno de Poesia, para o voo universal do Belo e da transcendência do Ser.
Giselda Medeiros

15/10/2019 AJEB-CE



A MESA DIRETORA DOS TRABALHOS, COM JACINTO MONTE


STELA FROTA


ARLENI PORTELADA E ROSA VIRGÍNIA


GILDA FREITAS


 REGINE LIMAVERDE


RITA GUEDES


AUDITÓRIO


REJANE COSTA BARROS


ZINAH ALEXANDRINO


AUDITÓRIO


ROSA FIRMO


SÓCIO BENEMÉRITO VITAL ARRUDA

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

CÉLIA MARIA LEITE É EMPOSSADA NA AJEB/CE




A reunião da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil, AJEB/CE, dia 17 de setembro de 2019, deu-se numa manhã maravilhosa e alegre, no Palácio da Luz.
A Ajebiana Francinete Azevedo falou, com muita propriedade, sobre Juvenal Galeno, neste ano em que a Casa comemora 100 anos de fundação. Deu-se também a posse da escritora Celia Maria Leite no quadro de sócia efetiva. Nessa sessão, tivemos a honrosa presença do Dr. Antonio Galeno, Diretor da Casa de Juvenal Galeno, que, em bela fala, discorreu sobre o poeta Juvenal Galeno. Além das comunicações de praxe, tivemos, ainda, a fala de outros colegas. Encerrada a sessão, houve a comemoração dos aniversariantes do mês. 

REGISTRO FOTOGRÁFICO


A FALA DE FRANCINETE


A PALAVRA DE ANTONIO GALENO


ARGENTINA ANDRADE


JOSÉ PEREIRA DE ALBUQUERQUE


AJEBIANAS 


AJEBIANAS COM A RECÉM-EMPOSSADA


CÉLIA, GISELDA E ELINALVA.


sábado, 24 de agosto de 2019

PALESTRA DE NADYA GURGEL: AS PERSPECTIVAS DA MULHER E DO AMOR NA OBRA "DESAFIO - UMA POÉTICA DO AMOR", DE PEDRO LYRA.



Na reunião da AJEB/CE, ocorrida no dia 20 de agosto de 2019, A Professora e Escritora Nadya Gurgel proferiu movimentada palestra, sob o título "AS PERSPECTIVAS DA MULHER E DO AMOR NA OBRA DESAFIO - UMA POÉTICA DO AMOR", DE PEDRO LYRA.

Pedro Lyra era Pós-Doutor em Traduções Poéticas pela Universidade de Sorbonne, na França; crítico literário, ensaísta e Professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade de Fortaleza (UNIFOR), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). 

Seu óbito deu-se em 23 de outubro de 2017, aos 72 anos,  quando Pedro Wladimir do Vale Lira (Pedro Lyra) ainda se encontrava em pleno vigor de sua vida literária.

A AJEB/CE, presidida por Elinalva Alves, agradece à palestrante Nadya Gurgel  a magnífica aula, muito aplaudida por todos os presentes.


 MEMÓRIA ICONOGÁFICA














quarta-feira, 7 de agosto de 2019

ANIVERSÁRIO DA PRESIDENTE DA AJEB/CE, ELINALVA ALVES DE OLIVEIRA



Aniversário da querida presidente da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil - AJEB/CE, Elinalva Alves de Oliveira, comemorado dia 29 de julho de 2019, com as apetitosas iguarias do Doce Gula. À Elinalva nossos mais festivos abraços e votos de vida longa e plena de felicidade. Parabéns, querida presidente!


Participemos dessa alegria curtindo as fotos















sexta-feira, 19 de julho de 2019

ANIVERSÁRIO DE GISELDA MEDEIROS




A Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil - AJEB - Coordenadoria do Ceará - reuniu, dia 16 de julho de 2019, no Ideal Clube, um grupo de amigos de nossa Presidente de Honra, Giselda Medeiros, para comemoração de seu aniversário natalício. 

Foi um encontro muito agradável que reuniu amigos, confrades e confreiras, além de familiares da poetisa. Um sonoro violino, em notas magistrais, executou algumas das canções preferidas de Giselda. 

A ajebiana, Nádya Gurgel, fez a leitura de trechos da fortuna crítica de Giselda Medeiros, deixando a aniversariante visivelmente emocionada.

O filho de Giselda, Jorge Medeiros, teceu palavras sinceras de agradecimento aos amigos de sua mãe, ali presentes, extensivos aos presidentes de academias e de outras instituições, a saber: Angela Gutiérrez (presidente da Academia Cearense Letras), Seridião Montenegro (presidente da Academia Fortalezense de Letras), Valdemir Mourão (vice-presidente da Academia Cearense da Língua Portuguesa), Myrson Lima (1° Tesoureiro da ACLP), Elinalva Alves de Oliveira (presidente da AJEB/CE), Regina Fiúza (representante da Sociedade Amigas do Livro), Ednilo Soárez (da Academia de Letras de Lisboa), dentre outros.

Após os "PARABÉNS", veio o momento mais doce da noite: a partilha do delicioso bolo (oferta das filhas Ana Paula Medeiros e Rosinha Medeiros), que agradou a todos.

A AJEB/CE, por meio de toda a sua Diretoria e de seu corpo de associados, deseja que, por muitos outros anos, possa repetir essa homenagem à nossa querida Presidente de Honra, Giselda Medeiros. Parabéns! Feliz aniversário!


REGISTRO FOTOGRÁFICO































OS PARABÉNS