DIRETORIA AJEB-CE - 2016-2018

DIRETORIA AJEB-CE - 2016-2018
DIRETORIA ELEITA POR UNANIMIDADE

ATUAL DIRETORIA DA AJEB-CE

DIRETORIA ELEITA POR UNANIMIDADE

CHAPA PAPA FRANCISCO

PRESIDENTE DE HONRA: Giselda de Medeiros Albuquerque

PRESIDENTE: Gizela Nunes da Costa

1ª VICE-PRESIDENTE: Maria Argentina Austregésilo de Andrade

2ª VICE-PRESIDENTE: Elinalva Alves de Oliveira

1ª SECRETÁRIA: Rejane Costa Barros

2ª SECRETÁRIA: Rosa Virgínia Carneiro de Castro

1ª TESOUREIRA: Rita Maria Lopes Guedes Santos

2ª TESOUREIRA: Maria do Socorro Cavalcanti

DIRETORA DE EVENTOS: Maria Nirvanda Medeiros

DIRETORA DE PUBLICAÇÃO: Giselda de Medeiros Albuquerque

CERIMONIALISTA: Francinete de Azevedo Ferreira

CONSELHO

Maria Helena do Amaral Macedo

Zenaide Braga Marçal

Maria Luisa Bomfim

Celina Côrte Pinheiro

Evan Gomes Bessa

terça-feira, 19 de abril de 2016

SESSÃO DE POSSE DE GIZELA NUNES DA COSTA COMO PRESIDENTE DA AJEB - COORDENADORIA DO CEARÁ

O auditório da Academia Cearense de Letras abrigou, neste dia 19 de abril, os associados da AJEB-CE para a sessão de posse da Diretoria eleita, tendo à frente a Desembargadora, Escritora, Ajebiana, Gizela Nunes da Costa.
Foi uma sessão festiva, em comemoração, também, ao aniversário de nossa querida Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil, ocorrido em 8 de abril deste ano, quando completou 46 anos de fundação.
Inicialmente, publicamos o discurso de posse da nova presidente, Gizela Nunes da Costa e, na sequência, as fotos alusivas ao evento.

A FALA DA PRESIDENTE
  

         
          Senhoras e Senhores,

          Os sonhos são a argamassa da vida e podem construir até o impossível. São os sonhos que engrandecem as ideias e transformam os caminhos singelos em sublimes destinos.
          Fui na vida uma menina sonhadora, dessas que costumam se entregar aos cismares e, ao mirar o horizonte, entendem que ele nos convida a conquistá-lo.
          Hoje, o momento que vivo, com o coração cheio de emoções, formou-se lentamente e a cada passo de sua elaboração me surpreendi com os resultados.
          Estou convencida de que o destino me foi generoso quando me deu na vida, missões que tenho conseguido honestamente desempenhar e nelas convencer aos meus superiores e à sociedade de minha lisura, abnegação e responsabilidade. Sou mulher de fé e acredito que a proteção de Deus me ampara em todas as facetas da vida.
          Como todos os seres, a existência tem-me oferecido momentos de intensa alegria e provações difíceis e espinhosas. Em todas as ocasiões, sejam nas apoteoses ou nas vicissitudes, me apoio na fé e no otimismo como alimento de minha caminhada.
          Hoje, nesta manhã alegre e festiva a AJEB empossa sua nova Diretoria. Em primeiro lugar quero agradecer as Ajebianas que votaram e aprovaram por unanimidade a Chapa Papa Francisco. Estarei à frente da AJEB presidindo-a durante o biênio 2016-2018, mas ressaltando que farei uma gestão participativa e compartilhada. Não serei eu, seremos nós. Sempre ouvindo as sugestões, acatando as que forem pertinentes, refletindo  e buscando o que for melhor para a AJEB que é uma Instituição importante que nos orgulha e tem prestígio nacional em seu campo de atuação e respeito literário do qual é possuidora.
          Com uma Presidente de Honra do quilate da escritora Giselda Medeiros, a Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil, Coordenadoria do Ceará, pode alcançar  amplitude igual à Academia Cearense de Letras e ao Instituto Histórico, Geográfico e Antropológico do Ceará. As duas Instituições, as mais respeitadas do Estado.
          Para essa gestão pensamos em algumas ações e junto com a Diretoria e também com as Ajebianas e Sócios Colaboradores, gostaríamos de realizá-las. Vamos atualizar a ficha de endereços e otimizar o contato com todos, quando necessário; planejar atividades literárias; apoio aos lançamentos das publicações dos associados; criação da Biblioteca da AJEB; revitalização da carteira ajebiana; que todos possamos usar o selo da AJEB em livros de nossa autoria e em obras que participemos escrevendo prefácios, orelhas, apresentações; calendário anual das reuniões ordinárias; realização de enquete sobre os temas prioritários para a AJEB no biênio 2016-2018.
          Isso e mais só será possível com o apoio da Diretoria, Ajebianas e Sócios Colaboradores, caminhando juntos.

          Senhoras e Senhores,
          A AJEB é uma Associação que tem quase meio século, à disposição da vida literária cearense. Fomos convidadas por um grupo de ajebianas, ex-presidentes, para formar uma chapa com a finalidade de concorrer às eleições.
          Ponderamos, avaliamos e resolvemos aceitar o desafio, pois tínhamos a convicção do apoio dos demais membros e com a certeza de que faremos um trabalho sério e eficaz em luta pelo engrandecimento da nossa querida AJEB e sempre a união de pensamentos desta tão respeitada Instituição Literária, que congrega jornalistas e escritores, cada um, com suas capacidades. Temos campo fértil para desenvolver afinidades culturais. Para tanto, basta dedicação, empenho e participação.
Devemos também manter nossas obrigações com a Tesouraria em dia, para que possamos realizar todas as ações que almejamos.
          Valorizemos a nossa cultura e sua preservação. Convençamo-nos de que nossa cultura é bela, rica e importante e que não precisamos substituí-la pela cultura alheia, numa atitude de povo colonizado, deslumbrado e ingênuo. Como em todos os ofícios da atividade humana, o escritor tem um compromisso com a sociedade e com a história. Mas cabe aos que escrevem uma função maior. É que o escritor faz a leitura da vida, capta os retratos de época, interpreta a natureza humana, reflete em sua criação o pensamento e as ideias. Fatores tão necessários para que expressemos nossos desejos de que sempre alcancemos patamares concretos e objetivos úteis.
          O Ceará tem uma trajetória de amor às agremiações culturais. Muitas foram as que se formaram ao longo de nossa história, algumas de forma marcante, como a original PADARIA ESPIRITUAL, fundada em 1892 pelos jovens boêmios que frequentavam o Café Java na Praça do Ferreira, sob a generosa complacência do Mané Coco, jocosa figura de “botiquineiro”. Em 1894 era fundada a ACADEMIA CEARENSE DE LETRAS, porventura a mais antiga do Brasil, pois antecedeu em três anos a própria ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. A esta Casa, que nos recebe com tanto afeto e nos permite transitar por ela, como se em nossa casa estivéssemos, devemos nossos respeitos.
          Outras Associações e Grupos Literários já haviam recrutado os amigos das letras, como a Academia Francesa, em 1873, o Grêmio Literário, em 1885, e o Instituto Histórico do Ceará (ainda hoje em vigor produtivo) em 1887. Nesses redutos de embate de ideias e manifestação estética surgiram nomes que haveriam de engrandecer as letras cearenses e romper fronteiras da Província para brilhar à ampla e larga admiração nacional. Nomes como o de Antônio Sales, Adolfo Caminha, Rodolfo Teófilo, Juvenal Galeno, Farias Brito e Clóvis Beviláqua. Somos uma terra de produtores de literatura. De poetas e prosadores de qualidade superior, muitos assinalados em definitivo nas páginas permanentes da imortalidade, como colunas sólidas da história literária do país. Desses anais perpétuos jamais sairão José de Alencar, Capistrano de Abreu, Domingos Olímpio, José Albano, Gustavo Barroso e Rachel de Queiroz.
          Parece que temos no Ceará uma inquietação para dizer, pelos misteriosos caminhos do encanto, os sentimentos e as emoções que nos possuem, o acicate da dor e o fogo da paixão, o plasma do delírio e o patinar obscuro do lodo, o mel e o fel de nosso jeito severino de encarar a vida.
Agradecemos a confiança que todos depositaram na Chapa Papa Francisco e esperamos não decepcioná-los. Louvemos também, as ex-presidentes, Giselda de Medeiros Albuquerque, Zenaide Braga Marçal, Maria Luísa Bomfim e Mª Nirvanda Medeiros, que tanto fizeram para bem divulgar o nome de nossa AJEB. Felizes por estarmos aqui entre vocês e mais uma vez dizer: vamos veicular nossas crenças e aprender outras novas lições.
          Muito obrigada!
Gizela Nunes da Costa

Fortaleza, 19 de abril de 2016.

COBERTURA FOTOGRÁFICA





















MEMBROS DA ATUAL DIRETORIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário